O Rio

Os Segredos do Rio

Um rio cheio de vida, com uma grande riqueza natural, paisagística e ecológica e de um biodiversidade ímpar.

O Rio Tejo é muito mais que água. Está cheio de lugares mágicos, de Vida, de Cultura, História e Natureza.

O nosso Tejo é o do Escaroupim, Salvaterra de Magos, aquele que passa pelo Ribatejo, o que tem já água doce, margens verdejantes. O das "férteis planícies de aluvião do Borda d'Água". Um rio cheio de vida, com uma grande riqueza natural, paisagística e ecológica e de um biodiversidade ímpar.

Ilha dos Amores
Ilha dos Amores

"É um encanto", "um paraíso", "uma maravilha da natureza", um "lugar mágico", uma "verdadeira surpresa", "como é possível, tão perto de Lisboa e ninguém conhece isto". Estas são algumas das expressões que ouvimos a quem navega no Tejo pela primeira vez.

Aqui o Tejo ainda tem o efeito das marés, maré cheia e maré baixa. Aqui existem lugares únicos e secretos que só quem nele nasceu e o vive conhece. Foram esse lugares que escolhemos para si, no troço mais bonito do Rio Tejo, povoado por cavalos, aves e peixes, onde o céu é mais azul e o rio é mais verde. Onde a natureza é generosa.

Quase sem presença humana, aqui só existe natureza. Árvores, plantas, aves e alguns cavalos.

Ilha dos Amores
Ilha das Garças

As ilhas que existem no troço Escaroupim - Salvaterra de Magos são uma das novidades e surpresas que o Rio Tejo nos reserva.

Ilha dos Cavalos, Ilha das Garças, Ilhas dos Amores, Ilha da Palhota, Ilha das Cabras, Mouchão dos Caracóis, Mouchão da Casa Branca, entre tantas outras.

São quase sempre inacessíveis, misteriosas e desabitadas. Lugares fantásticos para a natureza e para as aves, são algo que muitos de nós não imaginávamos que existisse em Portugal.

As ilhas no Tejo são chamadas de Mouchões, formadas pelo aglomerar de areias e outros sedimentos trazidos pela água. Com o passar do tempo começam a nascer ervas e a crescer as primeiras árvores. E isto é só o começo. Com o tempo forma-se uma pequeno habitat único e extremamente interessante.

Todas as ilhas são diferentes, todas são únicas, todas são um mundo à parte. Há mesmo uma ilha que tem só aves. São centenas e centenas de aves das mais diversas espécies que por lá pernoitam. Na altura da nidificação são milhares de Garças que lá fazem ninho. Algo verdadeiramente fantástico.

Vamos ver ilhas em diferentes fases ou ciclos de vida por todo o Tejo. Umas a nascer e outras a desaparecer aos poucos. Esta é também umas das belezas do Rio Tejo: poder ver a natureza em pleno processo criativo. Um Tejo que todos os dias se transforma, se adapta e rejuvenesce. Como diz uma velha canção: "...um Tejo sempre novo..."

O rio como nunca o viu...

O Barco

A "Rio-a-Dentro" é uma embarcação moderna, confortável, segura e com zero emissões de CO2. Como tem motor eléctrico, é totalmente silenciosa. A bordo só se ouve o barulho da água e da natureza, não faz o tradicional e cansativo barulho dos barcos de motores a combustão, não liberta óleo na água, nem cheira a combustível. É "amiga do ambiente".

Totalmente coberta por cima e pelas laterais, permite navegar no Inverno, com chuva, vento, ou frio. Mas tem vista panorâmica de 360º, o que faz dela a embarcação perfeita para um relaxante "passeio de natureza" ou de "observação de aves".

O "Rio-a-Dentro" cumpre as mais rigorosas normas internacionais de segurança para embarcações de passageiros. E tem todas as inovações tecnológicas necessárias para proporcionar um confortável passeio de natureza no Rio Tejo, sem igual.

Com o seu design vintage, do séc. XIX, ao estilo das embarcações que navegavam pelos rios e lagos na Europa, o “Rio-a-Dentro” desliza em silêncio por entre ilhas e canais secundários, sem interferir com a vida selvagem e sem deixar "pegada ecológica".

Nunca o Rio Tejo teve uma embarcação assim tão confortável, segura e "amiga do ambiente". Foi pensada ao detalhe para proporcionar, mesmo a quem não se sinta muito à vontade em barcos, uma fantástica experiência de navegação em plena natureza. O "Rio-a-Dentro" é uma verdadeira surpresa. Como ele, não existe outra embarcação igual no Rio Tejo.

Na próxima vez que queira supreender alguém já sabe: Escaroupim, Salvaterra de Magos.

Para convidar os seus amigos, nada melhor que mostrar-lhes algumas fotos. Argumentos não lhe vão faltar. Vai ver que os seus amigos vão adorar a sua sugestão.

Ficamos à vossa espera.